Acompanhem alguns depoimentos da Palestra “Copa do Mundo da FIFA 2014, o Plano Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes, a participação da Igreja”, na Igreja Batista Filadélfia.

 

DEPOIMENTO 1

“É com muita alegria que descrevo esta experiência extremamente gratificante. Desde 1986 tenho conhecimento de Projetos Sociais através do FEPAS […] que me proporcionou estar no RENAS 2012.       Pesquisando no site RENAS, BOLA NA REDE NACIONAL, tive conhecimento dos eventos de 18 de Maio. Procurei a minha cidade, PORTO ALEGRE, e descobri que haveria o início da Campanha Estadual de Oração pelas nossas crianças e adolescentes, anotei o endereço e cheguei na Igreja Batista Geração Vinho Novo. Logo tive uma recepção calorosa e amável através da Articuladora Sandra Penno que conduziu de uma forma contagiante aquele encontro, nos trazendo informações claras e objetivas sobre o movimento. Fez uma exposição com muita dedicação, amor e envolvimento em tudo que transmitia. Então ali eu descobri que queria há muito tempo estar naquele time para juntos fazermos muitos gols para defesa dos direitos de nossas crianças e adolescentes, literalmente vestindo a camiseta do BOLA NA REDE! Me alegrei muito porque desejo ver o Reino de Deus sendo implantado na vida das pessoas, um Reino de Justiça e Paz! E este encontro foi algo verdadeiramente do Reino, como disse nossa querida Sandra Medeiros. Agradeço a Deus por usar pessoas tão especiais como: Sandra Penno, Tania Medeiros Wutzki, Neliana Schulz, Eloiza Lazzaroto. E tantas outras que completam este grande time! Um grande abraço a todos. GRAÇA E PAZ.”

Rosa Maria S. B. da Rosa – Igreja Batista Independente, Gravatai/RS

                

DEPOIMENTO 2

“Sou estudante do primeiro semestre do Curso de Serviço Social. Gostei muito da participação do Bola na Rede do RENAS (Rede Evangélica Nacional de Ação Social) em nossa igreja, o movimento foi apresentado de forma muito clara e nos levou a uma reflexão mais profunda. Sabíamos de forma geral dos problemas sociais que existem em nossa cidade. Mas a palestra apresentou situações de vulnerabilidade das crianças e dos adolescentes, especialmente, nos mega-eventos como a Copa do Mundo. Esta exposição nos deixou impactados! Hoje tenho mais consciência de que a oração é muito importante, para sustentar qualquer ação e intervenção que venhamos fazer através da orientação do Espírito Santo. Percebo que muitas vidas precisam do amor de Deus, precisamos nos posicionar como Igreja. Temos nos envolvido com o Projeto Casa Lar da ASA (Associação Social Aliança) e atendido algumas famílias com dificuldades, mas podemos fazer muito mais! Agradecemos a Deus por conhecer este Movimento e participar dele! Bola na Rede, que possamos fazer muitos gols pela defesa dos direitos das crianças e adolescentes!”

Gesiele S. Nunes –  Secretária da Igreja Batista Filadélfia – Porto Alegre/RS    

     

DEPOIMENTO 3

“Quando fui convidada para a palestra, achei a oportunidade interessante para saber mais sobre o assunto, mas não achei que fosse falar tanto comigo. Conhecer melhor essa realidade que é tão triste me sensibilizou e, mais que isso, me mobilizou a querer ajudar. Vi que não é uma coisa tão longe de mim, a sociedade que muitas vezes fecha os olhos para isso, mas eu como discípula de Jesus não posso agir assim. Acho muito importante todos estarmos conscientes de como acontece o abuso e a exploração com as crianças, como isso nos afeta e estarmos prontos para ajudar, em oração, denunciando suspeitas, participando e incentivando outros a também participarem dos projetos que estão acontecendo, como: as palestras, mutirão de oração e a vacinação pelos bons tratos. Há algum tempo li uma frase que dizia mais ou menos assim: “Se o púlpito não acalma os perturbados e não perturba os calmos, não é o evangelho que está sendo pregado.” Se dizemos amar e viver o evangelho devemos olhar pelos injustiçados e desamparados com amor, orar e lutar por eles. O Projeto Bola na Rede me “perturbou” à querer ajudar e entrar nessa luta pelas crianças e espero que continue alcançando mais pessoas a se mobilizarem e entrarem nesse luta também! 

Ana Maria E. M. Correa – Evangelista da Igreja Batista da Floresta

 

DEPOIMENTO 4

Quando fui convidada para o encontro de oração na Igreja Batista Vinho Novo me senti um pouco constrangida por estar me envolvendo com a programação de outra Igreja. Mas quando cheguei lá fiquei surpresa pela relevância do encontro. Meus olhos abriram para a importância do MOVIMENTO BOLA NA REDE no momento em que o Brasil está vivendo os desafios de mega-eventos que vão atrair turistas do mundo todo.  Percebi a ação de Deus buscando nos tocar para envolver mais e mais em Sua obra!   O meu desejo é que Deus realmente toque no coração da Igreja de Jesus em Porto Alegre para que saiamos de nossos espaços e trabalhemos unidos. Que nos dê consciência das necessidades dos mais vulneráveis que estão em nossa volta. Em minha igreja local participo de uma equipe que evangeliza nas madrugadas e nos finais de semana pessoas que estão nas ruas. Em cada encontro me deparo com a carência da cidade de trabalhos que façam o acolhimento de uma forma mais completa e adequada. Foi muito significativo participar com outras irmãs deste evento. Já me sinto comprometida com a Campanha de Oração pelas crianças e adolescentes e suas famílias do RS, pela divulgação do movimento Bola na Rede e capacitações!  Louvado seja o Senhor!”

ACC – Equipe Adolescentes  Igreja Batista de Mont’Serrat/POA/RS

 

DEPOIMENTO 5

“Na última quarta-feira, dia 15, a palestra do “bola na rede” já começou me incomodando pela minha falta de conhecimento sobre o tema do abuso sexual infantil. Três dias depois, dia 18 de maio, estaríamos recordando, como país, a luta silenciosa que temos que enfrentar pela preservação da infância e adolescência – eu sequer havia conhecimento sobre a data e muito menos do motivo trágico da escolha desta. Como jovem e adulto cristão, o meu papel de defender a criança e o adolescente é claro. Agora, por onde começar? O meu principal campo de batalha é a minha cidade. Porto Alegre receberá a copa do mundo e esse desafio só aumentará. Cada Igreja deve estar conscientizada e mobilizada para dar um cuidado cada vez maior para as crianças e adolescentes da sua cidade. Através de simples campanhas de conscientização realizadas pelo Bola na Rede já é possível um grande avanço nessa luta. Engajar-me nessa luta é a minha responsabilidade. Agora posso dizer que já “despertei” para a batalha me comprometendo em fazer a minha parte na defesa da criança e do adolescente através da oração, da proteção e da conscientização na minha cidade. Conheça o projeto e venha você também fazer parte desse time!”

Kevin Klein Kapel – Líder dos adolescentes da Igreja Batista de Mont’Serrat

 

DEPOIMENTO 6

Foi incrível o tempo de palestra que tive do Bola na Rede, a sensação que eu tive é de que tiraram uma trava do meu olho. Já tenho alguma informação sobre a realidade brasileira em relação abuso sexual, presenciei vários casos de perto, porém meu questionamento sempre era: – o que fazer? Como prevenir e auxiliar mais pessoas? São tantos que sofrem algum tipo de abuso. E a resposta veio na palestra, que me impulsionou a agir e me mostrou meios para ajudar, informações práticas de como colaborar. A Copa está chegando e tenho a plena certeza que existem milhares de crianças e adolescentes que estão em vulnerabilidade e que podem ser alvo de violência, abuso e exploração sexual, e por isso quero fazer algo. Sair da inercia foi meu primeiro passo! Deixo o desafio para você também: informe-se, mova-se, não seja apenas um torcedor sentado na frente de uma TV; somos muitos mais e podemos fazer muito mais: BOLA NA REDE!

C. R. D. – Adolescente da Igreja Batista de Mont’Serrat  – POA/RS.

 

DEPOIMENTO 7

O Movimento Bola na Rede chegou em boa hora em nossa Igreja. Estamos próximos de um dos mais novos e modernos estádio (complexo multiuso) da América Latina. A ARENA do Grêmio está em fase de conclusão, mas já tem sediado vários jogos. A missionária Zandra tem buscado desenvolver um trabalho que alcance a comunidade com o amor de Jesus. Estamos preparando uma Campanha de Evangelização para as multidões atraídas para estes eventos que, por muitas vezes, passam em nossa calçada. Temos orado pela proteção de nossos adolescentes porque nosso bairro, que fica na periferia de Porto Alegre, está passando por muitas transformações e desafios. Ficamos felizes em conhecer mais de perto o Movimento Bola na Rede e perceber que pode trazer estratégias para a proteção de nossas crianças e adolescentes e suas famílias.

 Silvia Santos – Líder dos Adolescentes da Igreja Batista Vinho Novo, POA/RS.

 

VEJA  FOTOS NO FACEBOOK:  Clique aqui